Apidep reforça a importância da denúncia no combate à violência contra a mulher

O mês de agosto encerra, mas a luta pela conscientização pelo fim da violência contra a mulher é permanente. “Vários meses no ano são utilizados para lembrar esse problema e a necessidade da sociedade se engajar nessa causa”, afirmou a defensora pública titular do Núcleo de Defesa da Mulher, Verônica Acioly. A campanha vem reforçar a denúncia por meio do número 180 e exemplifica as situações em que a mulher é agredida e que vão além das agressões físicas.

Apidep se reúne para tratar sobre o projeto “Apidep na Estrada”

 

A diretoria da Apidep se reuniu no último sábado, 25, para tratar de assuntos administrativos, dentre os quais: a convocação de Assembleia Geral Extraordinária a ser realizada no primeiro sábado (08) de setembro e a aprovação do projeto “Apidep na Estrada”, o qual será desenvolvido de forma regionalizada nas cidades de Parnaíba, São Raimundo Nonato, Picos e Floriano, a fim de se aproximar das associadas e associados do interior e ouvir as suas demandas para melhor representá-los.

Agosto Lilás aborda enfrentamento da violência contra a mulher

O mês de agosto também está presente no calendário de atividades das campanhas contra a violência. Denominado de Agosto Lilás, durante o mês, entidades trabalham a conscientização visando o fim da violência contra a mulher.
No Piauí, o Núcleo de Defesa da Mulher, regido pela Defensoria Pública do Estado, propaga os direitos da mulher dentro da proposta do Agosto Lilás.

Dra. Verônica Acioly (Foto: Reprodução/Internet)

“O Agosto Lilás é mais uma tentativa de destacar a necessidade das instituições combater a violência contra a mulher. Vários meses no ano são utilizados para lembrar esse problema e a necessidade da sociedade se engajar nessa causa”, afirmou a defensora pública, Verônica Acioly.

A defensora pública, que atua nos direitos da mulher, reforçou que a Defensoria está comprometida de forma permanente com o assunto, por meio de participações em conselhos ligados ao tema.

Campanha Agosto Lilás (Foto: Reprodução/Internet)

A campanha reforça a denúncia por meio do número 180 e exemplifica situações em que a mulher é agredida, que vão além de agressões físicas, e que devem ser denunciadas.

Diretoria debate confecção de cartilha para candidatos

 Registro da diretoria da APIDEP reunida semana passada, dia 11, para definir a execução de demandas referentes à reformulação do novo site da entidade, formulação do calendário de eventos e a confecção da cartilha que será direcionada para os candidatos ao Poder Executivo Estadual e ao Congresso Nacional abordando interesses defensoriais.

APIDEP fecha novo convênio com assessoria esportiva

Buscando o bem-estar de seus associados, a Associação Piauiense dos Defensores Públicos (APIDEP) celebrou um convênio, na tarde desta quarta-feira (15), com a empresa de assessoria esportiva Pro Runner.

Todos os associados terão descontos na Pro Runner de 28%, e seus cônjuges e descendentes terão 21%. Além disso, o programa tem ainda outras vantagens como serviços de consultoria, prescrição e supervisão de treinamento individualizados, supervisão nos treinamentos semanais realizados na rua, acesso gratuito à ergometria nas unidades da academia Pro Fit (Extra e Ininga), entre outros benefícios.

Segundo a presidente da Associação, Ludmilla Maria Reis Paes Landim, essa parceria é uma solicitação feita desde o início da sua gestão pelos associados.

“A parceria é decorrente de uma demanda enorme dos nossos associados, que sempre vem nos procurando nesse sentido; e considerando que nós não temos uma sede recreativa, eu acho que vai ser uma forma de proporcionar atividade física aos associados e seus familiares”, explicou a presidente da Apidep.

A presidente também adiantou que foi aprovado pela diretoria da APIDEP o projeto ‘Café com Corrida’, uma ideia que reforça as práticas esportivas e fortalece a convivência entre os associados. “O projeto ‘Café com Corrida’ tem esse norte de está unindo os nossos associados com atividades físicas e alimentação saudável”, afirmou Ludmilla Maria.

Ainda de acordo com a presidente, a primeira edição do projeto está prevista para o dia 23 de setembro, no Parque Zoobotânico.

O treinador e responsável pelas ações da Pro Runner, Paulo Ricardo, disse que está há 10 anos no mercado e que a empresa já tem trabalhos exitosos com entidades de classe.

A diretora secretária da Associação, Viviane Setúbal, também demonstrou entusiasmo com a nova parceria. “Estou muito empolgada com a nova parceria. É algo novo para os associados e o objetivo é que todos façam essa adesão”, pontuou.

Para a efetivação da matricula, o associado deve entrar em contato pelo número (86) 99489-9993 (tratar com Andreia Menezes). Todo associado deve se identificar com a carteira da associação na portaria das duas unidades Pro Fit.

Defensor Público piauiense será palestrante em Congresso Nacional na Paraíba

Em sua segunda edição, o Congresso Nacional dos Defensores Públicos do Tribunal do Júri acontecerá na cidade de João Pessoa, na Paraíba, entre os dias 11 e 14 de setembro. O evento, que reúne grandes nomes do segmento jurídico, contará com a palestra de um piauiense.

(Foto: Divulgação)

O defensor público Juliano Leonel é um dos nomes confirmados para o Congresso. O profissional estará com a palestra “Da (im)possibilidade de leitura do inquérito policial em plenário do Júri”.

“A minha palestra irá abordar a sustentação de que o promotor não pode ficar lendo o inquérito policial em plenário para subsidiar a acusação, já que o inquérito policial é inquisitivo, não tem ampla defesa nem contraditório”, explicou Juliano Leonel, sobre a temática da sua palestra.

O evento tem como tema “A Defesa tem a Palavra” e conta com o apoio das Defensorias Públicas do Estados da Paraíba (DPE-PB) e de Rondônia (DPE-RO) e do Sindicato dos Defensores Públicos do Estado de Mato Grosso (Sindep – MT). Outros nomes estarão presentes, como Alexandre Morais da Rosa, juiz de direito em Santa Catarina; Izabel Nunez, antropológa do Rio de Janeiro; Fernanda Mambrini, defensora pública de Santa Catarina, entre outros.

Serão 23 palestrantes durante os quatro dias de evento, no Hotel Manaíra. Embora o foco do evento seja o tribunal do júri, o congresso estará aberto para todos os defensores públicos.

Para inscrição, o profissional deve seguir o regulamento abaixo:
1º Passo: Depositar (depósito identificado) ou transferir o valor da inscrição (R$ 500,00) para a conta:
SINDICATO DOS DEFENSORES PÚBLICOS DO ESTADO DE MATO GROSSO – SINDEP/MT
CNPJ: 11.199.377/0001-38
Banco Itaú – 341
Agência: 1676
Conta Corrente: 18562-0
2º Passo: Salvar o comprovante de depósito/transferência.
3º Passo: Acessar e preencher o formulário de inscrição, disponível no link, ou pelo banner que se encontra na página inicial do site DPE-RO.
4º Passo: Anexar, ao final, no campo próprio, o comprovante de depósito/transferência, nos formatos PDF ou JPEG.
Informações
Para mais informações, ligue para (65) 99223-0037 ou envie e-mail para congressojuri@defensoria.ro.def.br.

Dica de leitura APIDEP

A Revista Gênero, Sociedade e Defesa da Mulher – A Defensoria Pública e a atuação na defesa da mulher, é uma publicação da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, através da Coordenação de Defesa dos Direitos da Mulher e do Centro de Estudos Jurídicos.

Trata-se de edição comemorativa dos 20 anos do Núcleo Especial de Defesa de Direitos da Mulher e de Vítimas de Violência (NUDEM) trazendo a visão de defensoras públicas de diversos estados brasileiros acerca da violência contra a mulher e a atuação da Defensoria Pública.

Esta obra está disponível também na versão online no site da Defensoria Pública do Rio de Janeiro: www.defensoria.rj.def.br/ ➡ Para o Cidadão ➡ Publicações.

Apidep debate modificações das atribuições de Defensores Públicos

Na 110ª Sessão Ordinária do Conselho Superior, realizada na última sexta-feira (10), a Associação Piauiense dos Defensores Públicos (APIDEP), representada pelo defensor e diretor de assuntos jurídicos da associação, João Batista Viana, chamou atenção para a regulamentação do peticionamento e modificações das atribuições de Defensores Públicos.

(Foto: Divulgação)

“Durante a nossa fala, discutimos a aprovação da minuta de Resolução que regulamenta o peticionamento integrado no âmbito da Defensoria Pública do Piauí’, afirmou o defensor João Batista.

O Conselho discutiu ainda a proposta que modifica as atribuições do Defensor Público. “Buscamos dialogar a aprovação da proposta de alteração da Resolução 014/2011, no que se refere à modificação das atribuições dos defensores públicos com atuação nas varas cíveis da Comarca de Parnaíba, e sobre o processo administrativo 01518/2018, que regulamenta a escala para atuação defensorial em caso de conflagração de conflito em presídios da capital”, disse o defensor.

Ainda segundo João Batista, foi retirado de pauta, a pedido do relator Erisvaldo Marques, o expediente que visava tratar do Núcleo de Direitos Humanos e Tutelas Coletivas.

“A Associação Piauiense dos Defensores Públicos (Apidep) está participando ativamente dos debates, pautando-se sempre pela defesa da classe e dos princípios institucionais”, ressaltou o defensor.